Ratos de porão 40 anos – Crucificados pelo Sistema

No último sábado, munido do meu Doril enxaqueca, fui a La Iglesia Borratxeria acompanhar a uma das datas extras anunciadas, dos shows de comemoração dos 40 ANOS DE RATOS DE PORÃO. O total de 10 datas anunciadas, trazem o Ratos tocando em cada uma delas, um de seus cinco primeiros discos lançados na íntegra. O do último sábado foi o atemporal ”Crucificados pelo Sistema”.

Localizado em Pinheiros, na Rua João Moura, a La Iglesia Borratxeria tem como um dos sócios Jão, guitarrista e fundador do RDP. O bar se localiza na avenida principal, os shows, tem acontecido nos ”fundos” , um galpão onde o acesso é pelo estacionamento. O ambiente tem capacidade para cerca de 100/150 pessoas, com pista e mezanino, e também serviço de bar. Me lembrou um pouco o extinto Inferno da Augusta, só que com uma pegada mais underground.

Chegando lá, a banca de merch já estava montada, onde vc pode adquirir além das camisetas, com estampa comemorativa de 40 anos: bermudas, moletons, e havia até uma pele de bateria a venda, com dedicatória do Boka, pele esta utilizada na gravação do novo álbum, que terá lançamento em 2022

Sobre o show, quem imaginou que eles estariam enferrujados, depois de um longo período sem shows, problemas de saúde do Gordo, e por já ter rolado show na sexta feira, se surpreendeu. Desferiram o Crucificados, com a mesma velocidade das gravações originais do álbum. Agressão Repressão, Pobreza e Crucificados pelo Sistema, foram berradas por todos em coro, que assim como eu, estavam curando a abstnência de apresentações ao vivo.

O C.P.S é um álbum que tem 18m46s, no show o tempo se extende com a interação do JG com o público, e seus comentários de indignação com quem se corrompeu ao neo fascismo que vivemos em tempos atuais no Brasil. Mas também, complementaram o setlist com músicas dos últimos álbuns, mas que já se tornaram clássicos como Confilto Violento e Testemunhas do Apocalipse

Louvável de se ver uma banda completando 40 anos de atividade, fazendo rock/metal em um país onde o gênero faz parte da ”contra cultura”, mantendo a energia de seus shows, e um público fiel.

As apresentações se extendem até o dia 18 de dezembro, e vc pode conferir se ainda há ingressos remanescentes no Clube do Ingresso

Nos sigam e deêm um like na gente \m/
error
fb-share-icon

About Andrei Ramirez

34, pai, bussiness man, vocalista. Cria do new metal, forjado no metal extremo e amante da gotiqueira (darkwave ). Resenhas de shows, álbuns e entrevistas.

View all posts by Andrei Ramirez →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.