Belle and Sebastian anuncia show no Brasil em dezembro

Uma das bandas de indie pop mais cultuadas em todo o mundo irá se apresentar no dia 9 de dezembro em São Paulo

Ingressos já estão à venda em EVENTIM.COM.BR

Formada em Gasglow em 1996, Belle and Sebastian é uma das bandas de indie pop mais cultuadas pelos fãs em todo o mundo, com seu pop melancólico consistentemente elogiado pela crítica. Liderada por Stuart Murdoch, o grupo é presença constante nos mais importantes festivais do planeta e chega ao Brasil após o lançamento de seu mais recente e aguardado álbum, A Bit of Previous, em abril.

As apresentações no Brasil são mais uma realização da 30E -Thirty Entertainment e acontecem em 9 de dezembro, na Audio, em São Paulo. Ingressos para o show já estão disponíveis em Eventim.com.br. Confira as informações em SERVIÇO abaixo.

Gravado em Glasgow, A Bit of Previous é o primeiro disco do B&S em sete anos, e já é considerado uma das obras mais diversas e cheias de poesia da banda. Isso pode ser surpreendente para um grupo que está sempre em busca de projetos diversos, como “The Boaty Weekender” – um festival de música de quatro dias repleto de estrelas com capacidade para 3.000 pessoas em um navio de cruzeiro navegando pelo Mediterrâneo; uma trilogia de EP’s; uma trilha sonora para a estreia na direção de Simon Bird, de The Inbetweeners; um álbum ao vivo mostrando a interação atual da banda como artistas experientes no palco principal; e em 2020 um projeto colaborativo com fãs chamado “Protecting The Hive”.

Belle and Sebastian tem como marca registrada a entrega de apresentações ao vivo espetaculares para os fãs e após o longo período de lockdown forçado pela pandemia, o grupo declara estar ansioso para voltar ao palco e, particularmente, ao Brasil. Segundo o tecladista Chris Geddes, a “banda está muito animada para tocar ao vivo as novas músicas para nossos fãs no Brasil e esperamos que gostem de ouvi-las tanto quanto nós gostamos de fazê-las.”


Sobre Belle and Sebastian

O que começou como um projeto de gravação financiado pelo governo por um grupo de reclusos sem grandes aspirações se transformou em uma das bandas de indie pop mais duradouras e amadas do mundo. Originário de Glasgow, na Escócia, Belle and Sebastian rapidamente conquistou o mundo com suas músicas pop elaboradamente orquestradas, construídas sobre sentimentos e melodias tão delicadas quanto cativantes.

A produção de estreia do grupo em 1996, Tigermilk, já possuía o poder gentil das músicas e o charme da personalidade musical afável, mas levemente distorcida do grupo.

A banda lançou álbuns clássicos como If You’re Feeling Sinister e The Boy with the Arab Strap ao longo dos anos 90, e continuou  a evoluir com o passar dos anos com álbuns como Write About Love, de 2010, até chegar ao estilisticamente diversificado A Bit of Previous, de 2022.

Belle and Sebastian começou a se formar em torno das composições literárias de Stuart Murdoch em 1994. Murdoch esperava apenas documentar algumas das músicas que ele estava escrevendo enquanto sofria de uma longa crise de síndrome de fadiga crônica. Depois que um programa de assistência social escocês para músicos desempregados se ofereceu para financiar a gravação de um álbum com a força das demos de Murdoch, ele reuniu às pressas uma banda improvisada para gravar Tigermilk, de 1995, em apenas três dias.

Para o projeto, ele montou uma banda de sete músicos apresentando-se na guitarra e nos vocais, e escolhendo e recrutando membros por instinto em um café local no final de 1995. Assim encontrou Sarah Martin (violino), Stevie Jackson (guitarra), Chris Geddes (teclados), Stuart David (baixo), Richard Colburn (bateria) e Isobel Campbell (violoncelo). Todos os sete membros eram estudantes universitários, e todos concordaram que a ideia por trás do grupo era ficar em pequena escala, mantê-lo como um projeto e não deixar a banda comandar suas vidas; eles até assumiram que lançariam dois álbuns e terminariam.

Em maio de 1996, as músicas das primeiras sessões apressadas de Belle and Sebastian foram lançadas como seu álbum de estreia Tigermilk pela Electric Honey Records em uma edição de 1.000 cópias somente em vinil. O álbum inesperadamente se tornou uma sensação, ganhando um boca a boca fantástico em toda a Inglaterra. Como resultado, a banda tornou-se mais do que um projeto escolar – tornou-se uma banda real.

O segundo álbum, If You’re Feeling Sinister, foi lançado pelo selo independente Jeepster em novembro de 1996. Quando o disco foi lançado nos Estados Unidos, ele ganhou aclamação da crítica no Reino Unido – de jornais como The Sunday Times e revistas como The Face – e a banda ganhou um grande número de seguidores cult.

Como o culto ao grupo continuou a crescer em 1997, Belle and Sebastian lançou três EPs – “Dog on Wheels” (maio), “Lazy Line Painter Jane” (julho) e “3.. 6.. 9 Seconds of Light” (outubro). Cada EP subsequente ficou mais alto nas paradas indie e recebeu muitos elogios da crítica.

No final do ano, a banda finalizou um acordo americano com a Matador Records, lançando The Boy with the Arab Strap em setembro de 1998. No ano seguinte, o aguardado relançamento de Tigermilk, o álbum que começou tudo. Após a conclusão de Fold Your Hands Child, You Walk Like a Peasant, de 2000, Stuart David deixou Belle and Sebastian para se concentrar em tempo integral em seu projeto solo, Looper. Em 2001, o grupo lançou dois EPs – “Jonathan David” e “I’m Waking Up to Us” – e gravou a trilha sonora do filme “Storytelling”, de Todd Solondz.

Pouco antes do lançamento da trilha sonora na primavera de 2002, Belle and Sebastian embarcou em uma turnê pelos Estados Unidos e Canadá antes de retornar à Europa para a temporada de festivais de verão. No meio da turnê, Isobel Campbell deixou a banda.

Outra grande mudança logo aconteceu quando a banda deixou a Jeepster e Matador para assinar com a Rough Trade, para seu próximo disco, Dear Catastrophe Waitress, do final de 2003, produzido pelo inimitável Trevor Horn (que também produziu Frankie Goes to Hollywood, Yes, e dezenas de outros). O disco gerou os brilhantes singles “Step into My Office” e “I’m a Cuckoo”, o último dos quais foi o maior sucesso do grupo no Reino Unido, alcançando o número 14 no início de 2004.

Após uma longa turnê mundial alcançando novos níveis de sucesso, a banda se retirou para a Escócia e começou a se preparar para a gravação de seu quinto álbum. The Life Pursuit foi gravado em Los Angeles com o produtor Tony Hoffer e foi lançado em 2006 pela Rough Trade no Reino Unido.

Depois de uma turnê que incluiu um show esgotado no Hollywood Bowl, a banda fez uma merecida pausa. Além do lançamento de The BBC Sessions (por Matador e Jeepster) em 2008, nenhum disco de Belle and Sebastian foi lançado até 2010. Durante o hiato, Murdoch passou um tempo em seu projeto God Help the Girl (que incluiu grande parte da banda também), e Jackson e Kildea excursionaram e gravaram com o grupo indie pop escocês Vaselines, que havia se formado novamente em 2009. Depois de passar o início de 2010 gravando com Tony Hoffer, a banda lançou Write About Love em 12 de outubro de 2010.

Write About Love teve um bom desempenho – atingiu o número 8 nas paradas do Reino Unido e o número 15 na Billboard nos EUA – e após seu lançamento, Belle and Sebastian entrou em um período de silêncio. Eles ressurgiram em 2013, em turnê pelos EUA antes do lançamento em agosto de The Third Eye Centre, uma coleção de lados B e faixas não lançadas entre 2006 e 2010. Mais alguns shows se seguiram em 2014, junto com o lançamento da adaptação cinematográfica de Murdoch de God Help the Girl – ele transformou o projeto paralelo em um musical – e o grupo anunciou que estava começando a trabalhar em seu nono álbum de estúdio. Precedido pelo single “The Party Line”, o álbum Girls in Peacetime Want to Dance, produzido por Ben H. Allen, apareceu em janeiro de 2015.

Belle and Sebastian retornou em dezembro de 2017 com “How to Solve Our Human Problems”, o primeiro de uma série de três EPs lançados sucessivamente. Todos os três EPs “How to Solve Our Human Problems” foram lançados como um conjunto coletado em fevereiro de 2018.

Quando a pandemia do COVID-19 cancelou os planos da banda para a turnê e a gravação de um novo álbum, eles usaram o tempo inesperado para trabalhar meticulosamente em um álbum ao vivo. Lançado em dezembro de 2020, o álbum duplo ao vivo What to Look for in Summer reuniu o melhor das gravações da turnê de 2019 de Belle and Sebastian, com um setlist igualmente ponderado com favoritos de fãs e músicas mais obscuras.

A Bit of Previous chegou em abril de 2022; foi o primeiro álbum de estúdio do grupo em mais de sete anos, apesar de sua atividade e projetos lançados com frequência. O set foi gravado e produzido por Belle and Sebastian com contribuições ocasionais de Kevin Burleigh, Shawn Everett, Brian McNeill e Matt Wiggins. Foi também o primeiro álbum gravado na terra natal da banda, Glasgow, desde Fold Your Hands Child, You Walk Like a Peasant, de 2000.

Belle and Sebastian é formada atualmente por Stuart Murdoch (vocais, guitarra e teclados), Stevie Jackson (vocais e guitarra), Chris Geddes (teclados), Richard Colburn (bateria), Sarah Martin (violino e vocais), Dave McGowan (baixo) e Bobby Kildea (guitarra e baixo).

Serviço

Data:09/12/2022
Local: Audio
Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 694 – Água Branca – São Paulo – SP
Horário: 21h (show) | 20h (abertura da casa)

Classificação Etária: Permitida a entrada de maiores de 18 anos desacompanhados, 16 e 17 anos permitida a entrada desde que acompanhado de um responsável.

Setores e Preços:
Pista: R$ 300,00 (inteira) | R$ 150,00 (meia-entrada legal)
Mezanino: R$ 380,00 (inteira) | R$ 190,00 (meia-entrada legal)

Nos sigam e deêm um like na gente \m/
error
fb-share-icon

About Gustavo Diakov

Idealizador disso aqui, Fotógrafo, Ex estudante de Economia, fã de música, principalmente Doom/Gothic/Symphonic/Black metal, mas as vezes escuto John Coltrane e Sampa Crew.

View all posts by Gustavo Diakov →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.