Pitty se apresenta na Audio no último sábado

No último dia 09 de julho na Audio Club, Pitty realizou o seu show de lançamento do mais
novo álbum intitulado “CASULO”.



Público variado de idade, mas acredito que a maioria tinha por volta de seus 25 a 30 anos, que
é exatamente a minha faixa etária, galera que cresceu ouvindo ela.
A casa estava lotada, e infelizmente não tinha pit para os fotógrafos e quando liberaram o
nosso credenciamento a área do palco estava impossível de transitar.


Estava rolando discotecagem com músicas eletrônicas
23h10 e 2 staffs estavam pelo palco arrumando algumas coisas
E o som do DJ continuava rolando, tocando de Britney Spears a músicas mais novas da
atualidade.


23h15 colaram o set list na frente dos microfones, e como a casa tinha aberto as 22h, diversas
pessoas do público estavam já reclamando da discotecagem, e a cada minuto que passava, a
tensão do público aumentava.
A discotecagem variou muito de alguns títulos famosos do Rock para o Funk, estilo de música
não muito condizente com a Pitty. E ás 23h40 o público começou a gritar chamando a cantora.
Essa cena se repetiu inúmeras vezes diversos xingamentos próximos a mim estavam
ocorrendo, todos muito apreensivos para a entrada da Rainha Pitty (como estavam chamando-
a) e exatamente ás 00h43 interromperam a discotecagem.


5 minutos depois, o telão acendeu com um vídeo da Pitty (00h48), e logo depois ela chegou
com tudo abrindo o show com a música “Ninguém é de ninguém’’, emendou logo depois com
‘’Admirável chip novo’’ e o público foi a loucura pulando e gritando.
Foi muito legal e interessante ver essa ‘’nova face’’ da Pitty (digo nova com aspas, pois sei que
faz um tempo que ela mudou o seu jeito), o jeito mulherão, seduzente, com um olhar fixo no
público e com muita confiança mostrando que sabe ser sexy, dançando e se divertindo muito.
Neste momento a Pitty começou um Discurso sobre o país e levantando o público, fez eles
gritarem FORA BOLSONARO algumas vezes.

Foto: Raphael Mastandréa


O público se reergueu e mostrou que não estava cansado, cantaram e dançaram a música
“Setevidas” do começo ao fim, e emendaram PITTY EU TE AMO.
Logo depois vieram as músicas “Te Conecta’’ e “Diário’’ com a participação especial do
Monkey Jhayam.
E mais uma vez gritos da plateia xingando o Bolsonaro, a galera muito ativa referente a
política, assim como a Pitty sempre mostra sua posição, então era claro que em um ou outro
momento isso ocorreria.

Bom, voltando para a música né? Haha Em ‘’Na Sua Estante’’, o público cantou com muita
emoção a música inteira, e os casais próximos viveram momentos de love, admito que até eu
fiquei emocionado.
E mais uma vez me emocionei com a linda música ‘’Equalize’’, que teve participação especial
da Drik barbosa, dando um toque extremamente doce para este som clássico da Pitty.
E os gritos políticos voltaram (sim, não tem como não comentar disso), neste momento a
favor do Lula.


Neste momento, o rapaz que vos fala já estava cansado por conta de toda a demora e por ter
ficado no meio da galera o tempo todo e decidiu ir embora.
Até o momento em que estive presente no show, a Rainha Pitty entregou tudo e mais um
pouco, o público vibrava a cada música, cantava junto e se divertia.
Talvez fique de aprendizado para a Audio Club fazer uma discotecagem um pouco mais coesa,
dar uma melhor oportunidade para os fotógrafos credenciados conseguirem exercer seu
trabalho e informar ao público exatamente qual horário o músico vai entrar, pois a única
informação que tinha, é que os portões abririam as 22h, então todos com que conversei,
imaginou que a Pitty subiria ao palco as 23h.


De qualquer forma foi um show incrível e fez com que eu me lembrasse da minha época de
escola, onde diversos de nós curtíamos o seu som!!!


SETLIST:
Vídeo com: Bicho solto

1- Ninguém é de ninguém
2- Admirável chip novo
3- Memórias
4- Simplesmente fluir
5- Setevidas
6- Te conecta(com Monkey Jhayam)
7- Diário (com Monkey Jhayam)
8- Na sua estante
9- Tempo de brincar
10- Equalize (com Drik Barbosa)
11- Diamante (com Drik Barbosa)
12- Roda
13- Redimir
14- Me adora

15- Busca implacável (com Badsista e Jup do Bairro)
16- Máscara (com Badsista, Drik Barbosa e outros )
17- BIS: Motor e Serpente

Confira a galeria de imagens:

PITTY

Texto e Fotos: Raphael Mastandréa (@mastandréa.bands)

Revisão: Gustavo Diakov

Agradecimentos: Camila Dias/Audio Club

Nos sigam e deêm um like na gente \m/
error
fb-share-icon

About Gustavo Diakov

Idealizador disso aqui, Fotógrafo, Ex estudante de Economia, fã de música, principalmente Doom/Gothic/Symphonic/Black metal, mas as vezes escuto John Coltrane e Sampa Crew.

View all posts by Gustavo Diakov →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.