Sonoridade Entrevista – Thiagones (Wiseman)

Troquei uma ideia rápida com o Thiagones do Wiseman, sobre música, próximos shows, e lançamentos.

Se liga nessa conversa.

Sonoridade Underground – A última vez que vi vocês ao vivo, foi junto do No fun at all, como foi a experiência de tocar junto deles?

Thiagones: Bom pra mim foi bem bacana porque o “No Fun” foi uma das minhas bandas favoritas do gênero Ouso dizer, A Favorita.

Então tem aquela coisa de fã né? Dividir o palco com bandas que admiramos é sempre especial. Eu ja tinha tido contato com eles em outros rolês e sabia que eram gente fina, mas no nosso show juntos eles foram ainda mais !Lliberaram todo o backline deles pra gente usar. Foi parceria mermo. fodasso!!

Sonoridade Underground: Qual foi o último show antes da pandemia se iniciar?

Thiagones: O último show que fizemos foi em fevereiro de 2020 na galeria olido. Em uma feira de discos. Foi muito maneiro, até o cabeleiro tava no rolê hahaha.

Sonoridade Underground: Nesse período, rolou alguma composição, já tem material novo pra divulgar nos próximos meses?

Thiagones: Apesar de a gente ter naturalmente não focado especificamente na banda, cada um acabou indo fazer os seus trampos e tals, fomos tocando as músicas novas. Quando chegou a pandemia, Estávamos com o cronograma certinho pra trampar e gravar o disco novo. Tínhamos até rolês maneiros meio que no esquema. Parou tudo. Mas nós , entre trancos e barrancos conseguimos ir tocando os detalhes do novo play.

Sonoridade Underground: E o que podemos esperar das novas músicas?

Thiagones: Muita distorção, bateria pesada, letras mais diretas e muito ódio reprimido haha.

Sonoridade Underground: Falar desse (des)governo eu acredito que seja uma obrigação de todos nós artistas independentes, isso influenciou nas composições?

Thiagones: Sempre influência, opa. Mas pra gente é um assunto antigo, sinceramente, eu venho reparando nessa guinada reacionária desde 2012, 2013. No primeiro EP nosso (o Reflex de 2014) ja tem uma música (Viking) falando meio que disso, desse incômodo do reacionário em perder os seus lugares de dominação. Política sempre é uma influência pra escrever.

Sonoridade Underground: Esse final de semana se inicia uma mini turnê com o Plastic Fire, como surgiu a oportunidade?

Thiagones: A gente é tudo amigo tem uns 10 anos. Acho que conheci Daniel e Reynaldo na época que montaram a banda, se pá. Então nesse momento de altos e baixos, nada melhor do que juntar forças e armar rolês em conjunto

Sonoridade Underground: Ansiosos pra voltarem a tocar?

Thiagones: É a parte mais legal de ter Banda. O show.

Sonoridade Underground: Já tem mais datas confirmados que você pode adiantar pra gente?

Thiagones: A gente pretende lançar pelo menos 1 single novo até março, e daí pra frente cair nos rocks novamente haha.

Sonoridade Underground: Pra finalizar, quem é Thiagones fora do Wiseman?

Thiagones: Pô, eu sou apenas um rapaz (jovem senhor) latino americano e sem dinheiro no banco rs.

Considerações finais?!

Recado pra Rapeize: SAIAM DA MESMICE e ouçam / consumam bandas menores que estão na batalha aí. Ou dentro de alguns anos. Esse rolê vai morrer. Simples.

Siga o Wiseman nas redes sociais:

Instagram: @wisemanband

Nos sigam e deêm um like na gente \m/
error
fb-share-icon

About Gustavo Diakov

Idealizador disso aqui, Fotógrafo, Ex estudante de Economia, fã de música, principalmente Doom/Gothic/Symphonic/Black metal, mas as vezes escuto John Coltrane e Sampa Crew.

View all posts by Gustavo Diakov →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.