SVALBARD: Banda assina contrato global com a Nuclear Blast Records

Nuclear Blast Records se orgulha em anunciar que a banda Svalbardassinou com o selo globalmente. Formada em Bristol, na Inglaterra em 2011, o quartetro de blackened post-hardcore já lançaram três álbuns de estúdio, três EP’s e muitos lançamentos em formato de split. O álbum mais recente deles “When I Die, Will I Get Better?” foi considerado pela Metal Hammer como “o álbum mais importante da Inglaterra em 2020” e ajudou a cimentar a carreira de Svalbard como um componente poderoso e vital para a nossa cena musical global.

Serena Cherry, da banda Svalbard, comentou:
“Eu tenho memórias muito boas de visitar a loja de discos do meu bairro e comprar tudo que tinha a marca Nuclear Blast estampado. Você sempre sabia de que ali havia algo muito bom e de qualidade relacionado á gravadora! Hoje em dia eu tenho que me beliscar que faço parte desta gravadora que é um verdadeiro sonho se tornando realidade para mim e será um imenso prazer trabalhar com este selo incrível.”

Liam Phelan, do Svalbard acrescentou:
“Eu estou absurdamente empolgado que fomos recebidos com braços abertos pela família Nuclear Blast e não vejo a hora de podermos trabalhar com este selo icônico.”

Nathan Barley Phillips, Senior Nuclear Blast A&R comentou,
“Estou absolutamente feliz em receber Svalbard na Nuclear Blast! Desde que ouvi a emoção visceral e crua do álbum ‘Disparity’ em 2015, eu já me tornava um fã imediatamente. Com letras cheias de raiva e com letras que fazem reflexão aos problemas sociais, Svalbard continua sendo uma das vozes mais importantes e desafiadoras da cena do heavy metal de hoje. Estou feliz em poder amplificar esta voz enquanto a banda se prepara fazer história em seu gênero”.

O catálogo inteiro da banda está agora disponível na loja Nuclear Blast. Redescubra ‘It’s Hard to Have Hope’ e o restante dos álbuns do catálogo aqui: https://bfan.link/Svalbard-its-hard-to-have-hope.ema

Relembre também o vídeo para ‘For The Sake Of The Breed’ aqui: https://youtu.be/nJXDX6-AMBw

Svalbard acabou de anunciar que eles farão uma excursão pela Europa em Março de 2023 com as bandas Cult Of Luna e Russian Circle. Confira as datas para a turnê abaixo:

2022

02/07/22 – ES Viveiro, Resurrection Festival
30/07/22 – UK Ushaw, Dominion Festival
31/07/22 – UK Kendal Calling
17/08/22 – DE Dinkelsbuhl, Summer Breeze
19/08/22 – FR Saint-Nolff, Motocultor Festival
16/09/22 – UK London, Electric Ballroom (w/ MONO)
17/09/22 – UK Guildford, Boileroom
18/09/22 – UK Sheffield, Riffolution Festival
07/10/22 – ES Barcelona, AMFest
 
2023

European tour with Cult of Luna & Russian Circles

17/03/23 – DK Copenhagen, Store Vega 
18/03/23 – DE Berlin, Huxleys 
19/03/23 – DE Wiesbaden, Schlachthof 
20/03/23 – NL Utrecht, Tivoli Ronda 
21/03/23 – BE Brussels, AB 
22/03/23 – FR Paris, Olympia 
23/03/23 – DE Stuttgart, Wizemann
24/03/23 – CH Lausanne, Les Docks 
25/03/23 – SI Ljubljana, Kino Siska 
27/03/23 – AT Vienna, Arena 
28/03/23 – DE Munich, Muffathalle 
29/03/23 – CZ Prague, Roxy
30/03/23 – PL Krakow, Studio
31/03/23 – PL Warsaw, Progresja
Pesadíssimos! Esta é a única forma para descrever esta destemida banda. Não há poesia, ambiguidade – apenas honestidade direta, crua e nua enquanto este quarteto de Bristol, Inglaterra, lida com temas bem desconfortáveis. Isto é peso no literal sentido da palavra. As letras diretas são igualmente importantes como a música.

Enquanto eles refinavam a mistura de elementos como black metal, post-rock e d-beat, Svalbard incorporaram algumas influencias surpreendentes ao decorrer do caminho. Com vocais tristes misturados ás guitarras com levadas progressivas, a banda demonstra uma dinâmica sensível que empresta impacto aos momentos mais pesados – que são muitos sem sombra de dúvida.

Enquanto o quarteto tem caminhado pelo underground por muitos anos, 2020 foi o ano em que Svalbard realmente foi notada com seu terceiro álbum ‘When I Die, Will I Get Better?’ pois caiu no gosto dos críticos como também na lista de melhores do ano ao redor do Mundo. Em seu próprio país, a banda recebeu o respeito e foi aclamada por revistas consagradas como Metal Hammer e Kerrang! que colocaram o álbum no top 10 do ano.

Você deve pensar que eles deram uma pausa… como muitos artistas, a banda fez um intervalo forçado de alguma forma. Mas isto não os impediu de continuar liderando os maiores festivais da Inglaterra até hoje, tocando músicas de seu último álbum por inteiro no Damnation Festival e sendo convidado para tocar no Roadburn Festival, entre outros destaques.

Agora eles estão pensando no futuro com um otimismo renovado e francamente eles tem todo direito para isto. 2023 verá a banda liderar turnê pela Europa com Cult Of Luna e Russian Circles, mas antes eles deram o maior passo de todos; assinar um contrato global com um dos selos de heavy metal mais icônicos do planeta – Nuclear Blast. Num Mundo cada vez mais aberto para ter as portas derrubadas que uma vez pareciam trancadas, Svalbard parece mais essencial do que qualquer artista hoje em dia.

Svalbard é:
Vocais/Guitarra – Serena Cherry
Guitarra – Liam Phelan
Bateria – Mark Lilley
Baixo – Matt Francis

Mais informações:
https://www.facebook.com/svalbarduk
https://twitter.com/Svalbardband
https://www.instagram.com/svalbard/
Nos sigam e deêm um like na gente \m/
error
fb-share-icon

About Gustavo Diakov

Idealizador disso aqui, Fotógrafo, Ex estudante de Economia, fã de música, principalmente Doom/Gothic/Symphonic/Black metal, mas as vezes escuto John Coltrane e Sampa Crew.

View all posts by Gustavo Diakov →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.