Ed Curva: soft rock e guitarras intuitivas em busca de inspiração no cotidiano

Músico brasileiro radicado na Nova Zelândia estreia projeto com single e clipe de ‘In the Morning’

Quanto tempo é necessário, por dia, para se dedicar a alguma atividade ou hábito que lhe faz bem? Ou, então, como equacionar o cotidiano entre as obrigações formais, como trabalho e família, e os hobbies, como ler um livro ou tocar guitarra? Não importa se serão quatro minutos ou quatro horas, mas Ed Curva, brasileiro hoje radicado na Nova Zelândia, determinou que separaria alguns momentos dos seus dias para algo urgente à sua existência: a música.

Este é o contexto do novíssimo projeto que Curva apresenta a partir de ‘In the Morning’, o primeiro single de um EP de quatro faixas instrumentais que transitam entre o soft rock, lo fi e música ambiente.

‘In the Morning’ é lançada de forma independente, com distribuição digital da Ditto. Ouça aqui: https://ditto.fm/in-the-morning-ed-curva.

“Na correria do dia a dia, ‘In the Morning’ me ajuda a relembrar que tá tudo bem se nem sempre tenho todo tempo do mundo para fazer o que quero. Mesmo assim, posso dar o meu melhor e ficar em paz comigo mesmo, seja por quatro minutos ou por quatro horas”, destaca o músico sobre a faixa de estreia.

O single é a gênese e síntese do que propõe Ed Curva no vindouro EP — em fevereiro. ‘In the Morning’ é recheada de camadas de guitarras e teclas, pontuada por batidas envolventes e suaves orquestrações ao fundo, que conduzem o ouvinte à viagem pela própria mente nas primeiras horas do dia.

“É como se fosse a trilha sonora para pequenos hábitos das minhas manhãs, como acordar, tomar o café, fazer exercícios e ir para a rua”, revela o músico, exatamente o que ele projeta no videoclipe da faixa: https://youtu.be/TzokUEHwK1U.

O audiovisual ainda possui belíssimas imagens da cidade neozelandesa de Auckland, onde Curva reside.

Uma curiosidade é o intercâmbio entre o Brasil e a Nova Zelândia na produção de todas as faixas deste projeto. Segundo conta Curva, todos os instrumentos foram gravados em solo brasileiro, enquanto somente sua guitarra foi registrada em seu home estúdio na Nova Zelândia, onde mora atualmente com a família.

Arte de Lorenzo D’Alessandro

Ed Curva nas redes

www.instagram.com/eduardocurva

O artista

Eduardo Curva é brasileiro, natural de Campinas, e atualmente mora na Nova Zelândia. Toca violão desde os 10 anos e estuda guitarra desde os 20, com foco na improvisação e buscando notas sentimentais e passionais.

Ele cresceu tocando na igreja rodeado por músicos acostumados com grandes palcos e, inevitavelmente, o gospel é uma das referências em seus projetos.

“Encontro-me entre o rock e o blues, influenciado por nomes como Gary Clark Jr, John Mayer e Richie Kotzen, sem contar os clássicos BB King, Albert Collins e Stevie Ray Vaughan. Outras inspirações vêm de música brasileira até do metal progressivo”, ele conta.

O primeiro trabalho solo lançado por Curva foi o single blues rock ‘Forget About Me’, em 2019.

Atualmente, Curva toca guitarra com o duo junto à esposa, chamado Electric soul duo (https://electricsoulduo.com/) e ainda toca e grava guitarras para Bruci Jordan (www.facebook.com/brucij), músico brasileiro que também mora em Auckland.

Ficha técnica de In the Morning

Música: Ed Curva
Produção: Jeff Arantes
Teclados: Robson Rãs
Baixo: Paulo Freitas
Bateria: Guilherme Miguel
Mix: Jeff Arantes

Video clipe oficial: Kiran Patel
Arte da capa: Lorenzo D’Alessandro

Mais fotos de divulgação | Crédito: Kiran Patel

clique na imagem para baixar em alta resolução

Nos sigam e deêm um like na gente \m/
error
fb-share-icon

About Gustavo Diakov

Idealizador disso aqui, Fotógrafo, Ex estudante de Economia, fã de música, principalmente Doom/Gothic/Symphonic/Black metal, mas as vezes escuto John Coltrane e Sampa Crew.

View all posts by Gustavo Diakov →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.