Projeto Madalena: Duas bandas. Dois clipes. Uma Madalena.

Duas bandas independentes se desafiaram a produzir dois clipes diferentes, com a mesma atriz, a mesma equipe, em plano sequência. Assim nasceu o Projeto Madalena, que une as músicas “Madalena” (2017), da Parafuso Silvestre, e “O Mar de Madalena” (2021), novo single do UmQuarto. O lançamento é uma homenagem à Parafuso Silvestre e estará presente no álbum de estreia do UmQuarto, que será lançado em setembro.

“Me senti motivado em escrever uma canção sobre eles. Depois de assistir um show ao vivo deles, e ver a energia que emanava do palco, o público cantando as letras, pensei em ter meu próprio som. À medida que fui construindo minha carreira e tocando em Floripa, me tornei amigo da Parafuso Silvestre. A canção saiu naturalmente. Usei a canção ‘Madalena’ deles como referência e fiz a minha visão sobre essa personagem.”, relembra Mayer Soares, baixo, voz e sintetizadores do UmQuarto. 

Assista “O Mar de Madalena”, por UmQuarto:

Quando o disco de estreia do UmQuarto foi gravado, no fim de 2020, em uma casa isolada na Costa da Lagoa (SC), a canção surgiu como que feita para tornar-se single e clipe. Foi durante uma conversa com os membros da Parafuso Silvestre que surgiu a ideia de lançar dois clipes sobre a personagem Madalena. 

“Unimos forças para gravar dois clipes, com a mesma atriz, a fim de fazer com que os dois clipes sejam complementares. Cada clipe vive por si só, mas eles colaboram um com o outro. Acreditamos ser uma ação única, de duas bandas com dois clipes que se complementam, e falam da mesma personagem. Ter uma só equipe e uma atriz para os dois clipes, foi importante por causa da segurança dos participantes. Todos os cuidados foram tomados, e felizmente tudo correu bem e em segurança.”, destaca Mayer.

Os dois clipes se completam: mesma locação, mesma atriz, mesma equipe, um feito inédito no país. A canção “O Mar de Madalena”, com forte influência do rock progressivo, antecipa um pouco do clima do disco de estreia do UmQuarto e se difere do single “Acordar”, que tinha uma pegada mais indie e pop. 

Com influências musicais que vão desde os clássicos, como Beatles e Mutantes, até bandas mais modernas, como Tame Impala e Boogarins, o UmQuarto faz um rock moderno com liberdade. A cada canção misturas rítmicas diferenciadas aparecem, tornando explícita a vontade de criar. O guitarrista Thiago Mordentte define: “Tocar guitarra é poder transformar meus sentimentos em notas musicais. Artistas como Boogarins, Nomade Orquestra, Mahmed são uma influência para eu transformar isso”.

A capa do single “O Mar de Madalena” é uma criação de Julio Victor/Laser Demon (guitarrista e baixista da Parafuso Silvestre). O UmQuarto é formado por Mayer Soares (baixo e voz), Thiago Mordentte (guitarra) e Henrique Recidive (bateria). A canção contou com participações dos músicos Chico Badalotti (guitarra), Léo Costa (piano e órgão) e Lucas de Sá (berimbau de boca). A produção da música foi realizada por Felippe Pompeo, com gravação e mixagem por Lab de Sá, enquanto a masterização é de Alécio Costa.

O clipe “O Mar de Madalena”, do UmQuarto, contou com Raquel Stüpp (atriz), Mayer Soares (roteiro, direção de cena, animação, direção de arte e produção executiva), Fernanda Duarte (direção de fotografia, operação de câmera, edição, colorização) e Andrês Diego Gobbi Stähelin (assistente de câmera). E ainda, Manu d’Eça (fotografia still e making of), Luanda Wilk (produção executiva) e Lara Koer (assistente de produção). O maquinário ficou por conta de Juarez Mendonça e Gabriel Campos. A gravação contou com apoio de Vanilla Atelier de Arte e Rock na Lavanderia.

A Parafuso Silvestre é formada pelos músicos Taro Löcherbach (voz e guitarra), Juarez Mendonça Júnior (bateria, synths e samples), Julio Victor (guitarra e baixo) e Bruno Arceno (guitarra e baixo). O clipe “Madalena”, da Parafuso Silvestre, contou com Raquel Stüpp (atriz), Lara Koer (roteiro, edição, direção de cena, colorização), Fernanda Duarte (direção de fotografia e operação de câmera) e Andrês Diego Gobbi Stähelin (assistente de câmera). E ainda, Manu d’Eça (fotografia still e making of), Luanda Wilk (edição de vídeo, produção executiva e direção de arte) e Vic Correa (assistente de produção). O maquinário ficou por conta de Bruno Arceno, Julio Victor, Juarez Mendonça e Taro Löcherbach. A gravação contou com apoio de Vanilla Atelier de Arte e Rock na Lavanderia.

Ouça o single “O Mar de Madalena”: https://song.link/br/i/1574045167

Acompanhe o UmQuarto

Site:  www.umquarto.mus.br

Instagram: https://www.instagram.com/umquarto.oficial/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCHJ60TnOjsxDo4yhM6DIKFw

Acompanhe a Parafuso Silvestre

Financiamento coletivo: https://benfeitoria.com/parafusosilvestre

YouTube: https://www.youtube.com/ParafusoSilvestre

Instagram: https://www.instagram.com/parafusosilvestre/

Bandcamp: https://parafusosilvestre.bandcamp.com/

Nos sigam e deêm um like na gente \m/

About Tontin

Colaborador do Sonoridade formado em Comunicação Social. Já fez alguns designs para bandas e hoje em dia é produtor de podcast. Tem o conjunto de música jovem Merda como sua banda mais ouvida no Spotify.

View all posts by Tontin →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *