sonoridadeunderground

De quarentena, Kanduras lança disco sobre cotidiano e relacionamentos com influências que vão do indie à música brasileira

De quarentena, Kanduras lança disco sobre cotidiano e relacionamentos com influências que vão do indie à música brasileira

Lançado em meio ao isolamento social, “Dístico“, o primeiro álbum cheio da Kanduras, traz reflexões desse momento de divisões em que vivemos no mundo. 
O trabalho foi gravado no estúdio Parede-Meia, em São Paulo, e teve produção de André Bedurê, músico que já trabalhou com Zeca Baleiro, Luiz Melodia, Simone Mazzer entre outros nomes da música brasileira.
Dístico apresenta em seu conceito sempre alguma dualidade, algum movimento que faz parte do cotidiano, alguma mudança. De postura, de fases, de amores. É sobre olhar pra si e para o outro. É, portanto, uma obra que a depender da interpretação pode ser interessante de ser compreendida neste momento de quarentena, período em que podemos refletir sobre nossas próprias avaliações, hora de se reconhecer e se conhecer
Com 10 faixas, o disco transita entre o indie, o rock e a MPB, geralmente com forte presença de instrumentos de sopro (trompete, trombone e saxofone), sempre flutuando entre a esperança e a melancolia. Há ainda a aparição marcante de teclados e sintetizadores, elementos novos dentro das composições do grupo. As cantoras Silvia Sant’Anna, em “Ladeira”, e LUMANZIN, em “Cacos”, também participam da obra.

Ouça o “Dístico”: https://tratore.ffm.to/distico

“Passamos por mudanças significativas em nossas vidas de 2018 para 2019. O Dístico, então, é sobre o nosso sentimento em relação as tantas divisões que vemos no cotidiano. ‘Eu e alguém’; ‘eu e o mundo’. É um ponto de vista nosso”, explica Raphael Thebas, vocalista da banda.

   
Para o Minuto Indie, um dos maiores canais de música do Brasil no YouTube, o novo álbum é, até agora, um dos melhores do ano e apresenta diferenças significativas na comparação com os EPs divulgados anteriormente pelo grupo.  (encurtador.com.br/bgKO9)

O jornalista Pedro Antunes, editor chefe da Rolling Stone, fez elogios ao Dístico em seu programa diário nos stories do instagram, avaliando que o álbum está conectado à realidade em tempos de isolamento social.

Kanduras é formada por Raphael Thebas(voz e guitarra), Thiago
Romaro(guitarra), Marcelo Gasperin(baixo), Junior Breed(bateria), Rafael Cardoso(trompete) e Will Souza(trombone).

Em atividade desde o final de 2016, a banda tem dois EPs lançados: Caminhar (2016) e Seus Planos (2017, Cavaca Records), além de apresentações em importantes festivais pelo Brasil, como a “Sim São Paulo” e Hacktown” 2018 e 2019.

PARA ENCONTRAR A KANDURAS:

Link Spotify: 


Link Instagram: 
https://www.instagram.com/kandurasoficial/
Link Youtube: https://www.youtube.com/watch?time_continue=404&v=pzGgsMwGgeY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *