Com o recente EP lançado, o pessoal do sangue ódio hardcore segue fazendo shows de divulgação do último trabalho, após tocar em Ibiuna, Diadema, a mais recente apresentação foi no Feeling Music Bar, localizado na zona Sul de São Paulo.

Com 4 músicas, o trabalho marca a volta da banda com nova formação e cheia de novidades.

Conversei com a banda após o show, confira como foi o bate papo e as fotos da apresentação no Feeling:

 

 

Sonoridade Underground – como foi o processo de gravação do novo álbum?
Fábio: Salve Gustavo e Sonoridade Underground primeiramente obrigado pelo espaço e apoio.
Bem na verdade não é um álbum full é um EP com 4 músicas inéditas desta nova formação e uma bônus que gravamos no ano passado para uma coletânea virtual chamada Coice.
Sobre o processo de gravação foi tranquilo gravamos em Ibiúna mesmo é a segunda vez que gravamos com o pessoal do laboratório Underground (Flavio e Bruno) e foi bem tranquilo sem nenhum tipo de stress ou cobrança deixamos correr naturalmente as gravações e também deixamos os meninos do estúdio tranquilos na mix sem ficar dando muitos palpites de como deveria soar as músicas, apesar de cada um da banda ter trabalhado duro na gravação do EP tudo aconteceu de forma natural.

 

Sonoridade Underground: como foi a recepção do publico quanto ao novo trabalho?
Fábio:  Bem ainda estamos vendo kkkkkk, a música da coletânea por exemplo que foi o primeiro registro com a nova formação por estar disponível na Bandcamp da banda nos surpreendeu nos primeiros shows pois a galera já sabia cantar a música e quando chegou no trecho do refrão então foi algo surpreendente todos cantando, já as do EP vamos sentir daqui pra frente no show de lançamento em Ibiuna a música que soltamos antes através de um liryc vídeo a galera já sabia cantar e isso nos deixou muito felizes. Pois trabalhamos estas músicas tanto da coletânea quanto do EP com o intuito da galera cantar junto por isso buscamos caprichar nos refrões e nas métricas e o Gilmar que é o novo vocal tornou isso uma realidade com a gravação da voz dele esta pesado mas você entende cada palavra que ele canta pelo menos na gravação você entende (risos)

 

Sonoridade Underground – depois de um tempo parado, como é voltar a compor,? e como tem sido o trabalho com a nova formação?
Fábio: Cara quando paro pra ver ficamos bastante tempo parado e esse tempo passou rápido demais, juntamos esta nova formação no fim de 2017 a ideia era pegar os sons que o Sangue já tinha para ensaiar porém senti que as coisas não estavam fluindo então resolvi compor um som novo para ver se a nova formação iria dar liga mesmo e cara foi só começar a ensaiar a nova composição feita para a nova formação que tudo fluiu naturalmente, então decidimos compor sons novos e partimos pra cima.
E a nova formação composta pelo Gilmar e pelo André, lembrando que eu e o Toshi somos membros fundadores, mas o Gilmar no vocal é muito versátil e acredito que é por conta de ele ter tido inúmeras bandas de vários estilos acho o gutural dele muito poderoso e audível você entende o que ele canta, e o André também veio com uma pegada nova na guitarra até compôs um som para o Sangue que esta no EP que se chama enquanto houver amanhã.
A maioria das músicas e letras sou eu ainda que compõe porém o André esta compondo bastante e o Gilmar sempre trás algo diferente nas métricas das músicas e o Toshi é o selo de qualidade ele fala se ficou bom ou não no final kkkkk.

 

Sonoridade Underground – o país tem passado por uma situação política preocupante, no geral qual a importância de colocar a política nas pautas musicais?
Fábio: Nossa situação política é preocupante e aterrorizante, então eu comecei a ouvir punk rock e hardcore em meados anos 2000 e todas as bandas tinham a postura e pautas políticas tudo que eu cresci ouvindo dentro deste cenário sempre teve isso o protesto, o questionar, o faça você mesmo, a busca por liberdade etc.
Acredito que hoje falando por mim a situação é gritante e cada um de nós fazemos parte da mudança, fiz uma reflexão estes dias quando comecei a tocar existia uma urgência da minha parte em querer protestar mas com certeza não é nada como hoje onde temos uma situação extrema um presidente louco onde o povo não consegue dialogar, onde tudo é rede social, onde o preconceito saiu do armário de uma forma tão podre e para mim voltar a tocar hoje tem muito mais relevância que a 17 anos atras por exemplo pois é o momento de lutar pela mudança que queremos e acreditamos e o hardcore e punk tem que protagonizar isso.

 

Sonoridade Underground – quais as principais influências musicais dos integrantes da banda?
Fábio: Cara isso é bem extenso kkkk e algumas refletem na banda no som, na letra e na postura.
Falando por mim o que deu um impacto na minha vida são bandas como Cólera, Ação Direta, Grinders, Gritando HC, Flicts, RDP, SEPULTURA, Slayer, Anthrax muita coisa kkk
Mas minhas influências hoje para compor para o Sangue são, Strife, All Out War, Slayer, Sepultura e Cro mags

 

Sonoridade Underground – quais novidades podemos esperar nos próximos meses? Merch novo? Agenda de show? Clipe?
Fábio: Teremos novidades sim que vão vir gradativamente merch já estamos correndo atras não só camisetas, clipe ainda estamos pensando pois demanda muita grana fizemos pela primeira vez um lyric vídeo com o Marcelo e gostamos muito do resultado mas é claro clipe faz parte de um sonho de qualquer banda. Ainda temos duas coletâneas para sair na qual estaremos presentes Bodoque sonoro que o Nenê Altro esta realizando e terá participação do grinders e inocentes além de outras bandas fodas, e recentemente fomos surpreendidos com um convite de um selo Americano que se chama Kingside a coletânea se chama Hardcore Worldwide e terá bandas de vários países como Coreia do Sul, França, México, Espanha, EUA etc. E também teremos uma possível parceria na Europa com K7 que estamos fechando e em breve iremos comunicar esta parceria.
Shows também vamos fazer de forma gradativa e organizada pois cada um tem uma vida e mora em uma cidade diferente então exige uma boa logística e organização mas pode ter certeza sim que os shows vão rolar.
Muito obrigado Gustavo pelo espaço e pelo apoio que você esta nos dando espero que a nossa parceria seja duradoura.

 

Galeria de fotos do show no Feeling 16/11/2019:

https://flic.kr/s/aHsmJwj4yh