Quem compareceu ao Carioca Club no último sábado, com certeza presenciou uma tarde de shows inesquecíveis

Com uma temperatura agradável na capital paulistana, o Carioca recebeu a turnê do Face To Face com o Strung Out, esse foi o 4° show da turnê que se estende pela América Latina, com início no último dia 03/07 em Florianópolis e segue com apresentações programadas ainda na Argentina, Chile e Costa Rica.

O Carioca abriu suas portas para o público em geral as 15hrs, com o início do primeiro show programado para às 15:40, uma parte do público já adentrou a casa e se dirigiu para a frente do palco, aguardando o início das apresentações.

O Against The Hero deu o pontapé inicial dos shows conforme o cronograma, com um público pequeno ainda, e um show de aproximadamente 30 minutos eles não deixaram a desejar em nada, e mostraram seu hardcore, conquistando aqueles que ainda não conheciam a banda.

 

Against The Hero

 

16:30 foi a hora do Status On Fire darem início ao show, com seu punk rock agressivo e direto, eles mostraram um setlist rápido e com músicas conhecidas, para arrancar palmas e elogios do pouco público ainda presente no Carioca. Após xingar o nosso atual presidente e mandar um “vai se fuder Bolsonaro” eles deram sequência ao repertório com a música intitulada “Marielle” Vereadora Estadual do PSOL, assassinada em 2018.

Era nítido que a maioria do público estava aguardando a apresentação da Face To Face e Strung Out, mas isso não impediu o público já presente na casa a acompanhar e aplaudir às apresentações anteriores, e só antes do início da apresentação do Garage Fuzz, que estava programada para às 17:20, a casa começou a receber um público maior.

Os conhecidos do Garage Fuzz subiram ao palco, como as apresentações anteriores, no devido horário programado, e não deixaram a desejar na apresentação, com clássicos no setlist e música nova, eles agitaram os fãs com direito a stagedive e circlepits.

Logo após a apresentação deles, a casa começou a receber o restante do público que adquiriu ingressos para o evento, e em pouco tempo já era possível ver o carioca lotado.

 

Às 18:20, Strung Out colocou todos os presentes para curtirem o show com moshs, e, como esperado, chuva de stagedives. Com um setlist cheio de clássicos da banda e uma apresentação que não deixou nada a desejar, o público deixou bem claro que estava com saudades deles, desde a última passagem pelo país, em 2017. Músicas como ‘’Daggers’’, ‘’Mind of My Own’’ não ficaram de fora, além de ‘’Soulmate’’ um cover do No Use For a Name.

Strung Out

Confira o setlist:

  1. Nowheresville
  2. Too Close To See
  3. Everyday
  4. Better Days
  5. Mind of My Own
  6. Blueprint of the Fall
  7. Ultimate Devotion
  8. Daggers
  9. Velvet Alley
  10. Firecracker
  11. No Voice of Mine
  12. Razor Sex
  13. Rats in the Walls
  14. Bring Out Your Dead
  15. Soulmate
  16. (No Use for a Name cover)
  17. Matchbook

 

O Carioca já estava praticamente lotado (estava bem difícil andar, e algumas pessoas deixaram para pegar suas cervejas após o término dos shows) quando as cortinas se abriram para o Face To Face e já no primeiro riff de guitarra, já era possível ver moshs pela casa e o que não faltou foi stagedives, que ocorreram durante todo show.

Vale destacar a homenagem feita pelo Trever Keith, ao nosso querido Joao Gilberto, pai da Bossa Nova, que faleceu durante a tarde de sábado, e tivemos uma pequena palhinha de garota de Ipanema.

O show foi eletrizante do início ao fim, onde era impossível ficar parado um só minuto, com setlist incrível, os fãs mostraram para os veteranos do Face To Face que são sempre bem-vindos em terras tupiniquins.

 

Face to Face

Confira o setlist:

  1. You’ve Done Nothing
  2. Ordinary
  3. Walk The Walk
  4. Bent but Not Broken
  5. I Won’t Lie Down
  6. You Could’ve Had Everything
  7. I’m Trying
  8. I Won’t Say I’m Sorry
  9. Bill of Goods
  10. No Authority
  11. Velocity
  12. A-OK
  13. I Want
  14. Blind
  15. Complicated
  16. It’s Not Over
  17. Disconnected

 

Galeria de fotos: https://flic.kr/s/aHsmEWWekn

 Texto e fotos: Gustavo Diakov

 Agradecimentos: Carolline Guimarães – SolidMusic / Carioca Club